Google+ Followers

domingo, 31 de agosto de 2014

A dureza de ser adolescente

Na frente das casas os meninos brincam, conversam, se divertem. A mente das pessoas pode se adaptar aos mais diversos sentimentos e isso confunde, às vezes. A adolescência é uma fase mix: um pouco de tudo. Um pouco de pensamento, mais uma porção de amor, uma dose de coragem e gotas de experiência. Assim percebemos que a adolescência é uma fase reparadora, de descobertas e novidades. Uma fase em que eles acham que sabem tanto quanto os pais, que sabem mais do que os amigos e que podem desafiar os professores. Adolescência devia adorar a essência da criação: o Criador.
Adolescentes imaturos e irresponsáveis são como maus instrutores religiosos: guias cegos. "Guias cegos, que coais o mosquito, mas engolis o camelo." (Mateus 23:24)
A ajuda que os que tem certa experiência podem dar, como os pais, por exemplo, são bem vindas. Um exemplo maduro de tudo isso é estar atento ao que diz a Bíblia em 2 Timóteo 3:2 -"Os homens serão amantes de si mesmos, amantes do dinheiro, pretensiosos, soberbos, blasfemadores, desobedientes aos pais, ingratos, desleais"... num espírito maligno de independência, onde excluem a família e causam desonra simplesmente por quererem mostrar-se superiores.
Jovem, tome posição perante Jeová Deus, 'não retribuais a ninguém mal por mal. Provede coisas excelentes à vista de todos os homens. Se possível, no que depender de vós, sede pacíficos para com todos os homens.' (Romanos 12:17, 18) "Assim, pois, cada um de nós prestará contas de si mesmo a Deus." (Romanos 14:12) Então, não ponha a culpa em ninguém pelos atos que você praticar.
Que o nosso soberano universal, excelso, digno, supremo e eterno Deus Jeová nos dê um bom dia de muita paz, alegria, amor, bençãos, proteção, autodomínio, fé, sabedoria e boa saúde em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                             Joca Vitorino

Pensamento: "Os que governam são objetos de temor, não para as boas ações, mas para as más. Queres tu, pois, não ter temor da autoridade? Persiste em fazer o bem, e terás louvor dela." (Romanos 13:3)

sábado, 30 de agosto de 2014

Auto-diversidade

De repente você percebe que em um dia só pode aprender coisas que passaria um ano informando a outros. O modo como aplicamos o conhecimento adquirido é que faz de nós bons amigos, bons instrutores e bons filhos. O modo como o executamos faz de nós bons pais, bons educadores e pessoas felizes.
Ajudar outros a adquirirem maneiras de exercitar suas habilidades ou de idealizarem seus projetos faz de você um ser valoroso, eficiente e amoroso, porque nem todos fazem coisas só por dinheiro. Não somos mercenários. Existem pessoas que prezam o que você faz por elas e retribuem de uma forma não financeira tão estimulante que dá vontade de fazer bem sem parar, não interessando a quem seja.
Você é escolha de Jeová. (Isa. 43:10) Você tem a incumbência de preparar o povo para um envolvimento com Deus, por isso deve prestar bastante atenção ao que ouve e investir em conhecimento para cumprir as designações que lhes foram comissionadas.
As pessoas, todas, merecem perdão, senão, o que estaríamos fazendo aqui nesse mundo? Ou você acha que o seu pecado é menos grave do que o dos outros? 
Olhamos com ódio para os que estupram crianças ou matam por motivo torpe, olhamos penalizados, às vezes, para quem sofreu um linchamento por roubar comida, mas isso advém do senso de justiça que possuímos. Diferente de julgar os outros.
Como ensinaria alguém sobre o que fazer em situações assim? Que posição tomaria ao ser questionado sobre esse tipo de coisas? Você está preparado emocional e espiritualmente para esses enfrentamentos?
Você pode fazer muitas coisas. Depende do quanto de si mesmo pretende nesse empreendimento. Qual o seu alvo? Lembre-se sempre de ter Deus em primeiro lugar na sua vida e nas suas ações.
O conhecimento adquirido em um dia pode ser transformado em ideias diagramadas mentalmente para que os a quem você compartilhar possam multiplicar e basear seus interesses no fato de que é um princípio bíblico pregar as boas novas do reino de Deus. (João 17:3; Mateus 24:14, 28:19, 20)
Que o nosso soberano Deus Jeová, justo, santo, querido, clemente e misericordioso, nos dê um bom dia de justiça, boa saúde, proteção, bençãos, espírito santo e fé em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                      Joca Vitorino

Pensamento: "Não muitos de vós deviam tornar-se instrutores, meus irmãos, sabendo que havemos de receber um julgamento mais pesado. Pois todos nós tropeçamos muitas vezes." (Tiago 3:1, 2)

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

O que você quer de presente?

O que as pessoas mais gostam é de presente. (Mas elas mesmas vão se enganar e dizer que gostariam de coisas para os outros, fingindo um fingimento inocente de solidadriedade e de ser social.)
Ninguém se apresenta tão feliz e satisfeito quanto aquele que ganha um presente. 
Presente é quem está com você sempre, sem desculpas, sem mentiras, sem... pre.
Ser presente é quem ama você, mesmo que não esteja próximo, mesmo que você não entenda hoje, mesmo que não seja tão assim como você queria, porque presente não é você quem escolhe; quem ama sabe o que você precisa.
Presente não é só dar coisas, é dar de si. Você sabe quantas noites um pai de verdade passa sem dormir para ficar cuidando do filho? Sabe quantas vezes ele vai trabalhar sonolento, cansado, mas  feliz por ter passado uma noite zelando o seu sono? Sabe porque você cresceu e se desenvolveu tão apto ao trabalho e aos estudos? Por ter quem cuidasse de você enquanto você dormia e crescia. E sabe quantas vezes um pai vai ao hospital com o filho? Sabe que é isso o que faz um pai presente e não a história de outras pessoas nem o que você acha depois que cresceu?   
Presente é valorizar e respeitar quem se deu para você hoje estar aí cheio de razão, de autoridade, de sabedoria e de orgulho porque teve quem o direcionasse. (Por que você acha que não parece com quem deu 'conselhos' sobre quem era o seu pai? Porque a mentira não tem degraus em si. Ela se apóia num nada, num vazio. E você quis acreditar!)
Presente é o reflexo de quem o dá. Imagine, então um pai com um filho, que é o presente mais belo! Vai ter pontos em comum e mais muitas coisas em comum com ele e será, certamente, um pai presente. Não um pai desocupado, preguiçoso, que está sentado durante todo o dia ao lado do filho. Pai presente é o que deu a você, vida, pois a vida é o presente mais valioso de Deus.
O que podemos dar também é um presente e pode ser permanente, como registrado na Bíblia em 1 Timóteo 4:8 -"O treinamento corporal é proveitoso para pouca coisa, mas a devoção piedosa é proveitosa para todas as coisas visto que tem a promessa da vida agora e daquela que há de vir." Esse é um ensinamento divino e tem um propósito nele, o qual somos beneficiários. Esse é um maravilhoso presente.
E você, o que quer de presente?
Que o nosso valoroso, justo, santo, presente, amoroso, querido e misericordioso Deus Jeová nos dê um bom dia segundo a Sua vontade e determinação em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                        Joca Vitorino

Pensamento: "Toda boa dádiva e todo presente perfeito vem de cima, pois desce do Pai das luzes [celestiais], com quem não há variação da virada da sombra." (Tiago 1:17) 

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

A armadilha que ceifa vidas

Como pode uma pessoa modificar para melhor o seu modo de vida?
Ele passou mais de vinte anos de vida sentindo dores emocionais e não conseguia ser feliz. Isso aconteceu porque ele achava que a perda de um ente querido tinha sido sua culpa, por não ter dado mais atenção.
Lemos, vemos e ouvimos falar muito sobre suicidas e ainda assim este não é o problema maior pesquisado para a elaboração deste Blog e sim o sentimento de culpa.
Muitos anos se passam na vida das pessoas, perdidos, sem aproveitamento por causa do tipo de envolvimento ou por terem se dedicado a afazeres que não beneficiam permanentemente. 
Houve uma época em que um homem se achou no direito de abordar, atingir e julgar pessoas duramente de uma maneira brutal até, e isso o afetou sobremaneira que ele achou que isso tinha sido direcionado mesmo para ele. Este homem era Saulo, que viria a ser mais tarde conhecido como Paulo, apóstolo de Cristo. Os atos cometidos por ele foram incitados por devoção religiosa e familiar, mas quando entendeu, por meio de Cristo, o que devia realmente ser feito, ele foi transformado por reformar a sua mente. Isso é fruto do pecado que herdamos, mas também resulta do não esforço para fazer o que é certo e causa, então, desânimo e um sentimento inevitável de culpa, que é curado com o arrependimento sincero e a busca do conhecimento exato e o envolvimento com o que é saudável. (João 17:3)
Todos nós temos uma tendência ao erro, mas o que nos dignifica é lutar contra tal coisa com tamanha disposição que todos percebam e compreendam a sua dinâmica, a sua abordagem bem feita e a sua entrega às coisas sagradas, ao amor e a compartilhar o que é bom.
Ódio, ciúmes, brigas e fofocas são armadilhas letais quase imperceptíveis. Mas o poder que as palavras tem em causar grandes danos é inimaginável.
"Como pode um jovem conservar pura a sua vida? É só obedecer aos teus mandamentos." (Salmo 119:9 -Nova Tradução na Linguagem de Hoje) Se formos obedientes, simplesmente obedientes, podemos ter uma boa relação com o nosso Criador.
Li numa revista que Satanás gostaria de nos levar a concluir que não merecemos a misericórdia de Jeová e que somos incapazes de cumprir os requisitos divinos porque o sentimento de culpa é comparável a [um] peso esmagador. Ao pensar num erro do passado, talvez nos sintamos 'quebrantados ao extremo.'
Como é possível evitar essa armadilha esmagadora? (Tia. 5:14-16)... Faça o possível para corrigir o erro. (2 Cor. 7:11) Se for disciplinado, não fique deprimido. A disciplina é uma prova segura de que Jeová ama você. (Heb. 12:6) Esteja decidido a não dar os mesmos passos que levaram ao pecado, e apegue-se a essa decisão. Depois de se arrepender e mudar de proceder, tenha fé que o sacrifício de resgate de Jesus cristo pode realmente cobrir seus erros. 1 João 4:9, 14
Leia exemplos de pessoas que cometeram grandes pecados e foram perdoados por terem se arrependido: 2 Crônicas 33:2, 10-13; 1 Coríntios 6:9-11
Orar e estudar a Bíblia estimulam em nós o amor pelo que é bom... Meditar nas consequências de se entregar a desejos egoístas pode nos ajudar a evitá-los. (Tia. 1:14, 15) Se aprendermos a odiar o que é mau e a realmente amar o que é bom, as iscas nas armadilhas de Satanás serão repulsivas, não nos atrairão. (Revista  A Sentinela 15 de agosto de 2012)
A armadilha que ceifa vidas é a do sentimento de culpa excessivo. Mostre a sua fé e fortaleça o seu coração para enfrentar as mais diversas provações. (Tia. 1:2)
Que o nosso soberano, perdoador, conselheiro, amoroso, santo, justo e querido Deus Jeová nos dê um bom dia de fortaleza espiritual, proteção, bençãos, alegria, amor e paz, além de boa saúde em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                                    Joca Vitorino

Pensamento: "Mantenha-se firme contra as maquinações do Diabo." (Efésios 6:11)

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Existe um caminho, sim!

Você já se perguntou porque a vida se torna muito difícil, às vezes?
Já se perguntou também porque tantas pessoas parecem felizes e bem-sucedidas e você não?
Observe bem essas palavras: "Não digas: 'Por que aconteceu que os dias anteriores mostraram ser melhores do que estes?' pois não é por sabedoria que perguntas sobre isso." Essa é uma maneira correta de interpretar a vida. Agora, observe bem onde podemos chegar: "A sabedoria junto com uma herança é boa e vantajosa para os que veem o sol. Pois a sabedoria é para  proteção, [assim como] o dinheiro é para proteção, mas a vantagem do conhecimento é que a própria sabedoria preserva vivo os que a possuem." (Eclesiastes 7:10-12) Então, o caminho que seguimos depende de quanto prestamos atenção às orientações que recebemos.
Muitos culpam a Deus, aos pais ou a vida pelo modo de vida fracassado ou sofrível que passaram ou estão passando, mas pergunte-lhes como aplicaram os conselhos e ensinamentos recebidos. Pergunte-lhes quantos destes se mantiveram fiéis aos princípios bíblicos ou familiares. Muitos se desviaram de fazer o que é correto aos olhos de Jeová Deus apenas por ambição ou curtição. 
Li um cântico*, baseado na Bíblia, em Isaías 30:20, 21 que diz assim: "Há um caminho em que existe muita paz... Você ouviu o que Jesus lhe ensinou. A paz que vem de Deus você já encontrou. Este é o caminho, diz o Deus Jeová, não se desvie, nele deve andar. Este é o caminho, não volte atrás! somente aqui há vida, amor e paz."  Onde há vida, amor e paz? Entre o povo de Deus. Então, por que buscar um caminho lá fora? Por que questionar os dias da infância como sendo melhores se não se habilita a fazer as coisas de um jovem ou adulto maduro? O caminho é seguir o que é bom, os passos de gente boa e confiável.
(*Cântico 65 publicado pela Associação Torre de Vigia de Bíblias e Tratados)
Existe um caminho, sim! e este caminho é o do amor-próprio, do respeito, da busca do verdadeiro conhecimento, do autodomínio, da paz e de Jeová Deus. (João 17:3)
Que o nosso supremo, maravilhoso, eterno, justo e santo Deus Jeová, querido que nos é, nos dê um bom dia de bençãos, proteção, fortaleza espiritual, sabedoria, boa, saúde, paz, alegria, fé e amor em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                                     Joca Vitorino

Pensamento: "Eis que a melhor coisa que eu mesmo vi, que é bonita, é que a pessoa coma, e beba, e veja o que é bom por toda a sua labuta com que trabalha arduamente debaixo do sol pelo número dos dias da sua vida que o [verdadeiro] Deus lhe deu, pois este é o seu quinhão." (Eclesiastes 5:18)  

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Não esqueça de mim

"Eu é que não me esquecerei de ti."
Imagine você ouvir essas palavras por levar uma vida digna e exemplar!
Agir assim é se prontificar a valorizar alguém. Isso se torna inesquecível. 
Só nos tornamos inesquecíveis na vida do outro quando lutamos 'contra tudo e contra todos' para a felicidade de ambos. Não é quando uma coisa não deu certo e voltamos para aquela pessoa (velha conhecida), que a nossa vida vai ser diferente, porque muitos tendem a deixar o amor ali, num determinado lugar, como se as raízes não o deixassem sair, e saem para aventuras e quando estas não se mostraram ser boas aventuras retornam para quem nunca o abandonou sequer para se divertir.
O tempo, quando temos essa oportunidade, se encarrega de mostrar a verdadeira face das pessoas. Agora você tem valor, amanhã, ao encontrar novas propostas de novas aventuras você é abandonado novamente e vai se zangar e se preocupar novamente, mas vai perdoar mais uma vez, como sempre. Só o seu erro -se você errar- é que vai ser computado. O do outro foi apenas um deslize, porque pessoas egoístas não erram, elas sofrem danos emocionais repentinos que merecem cuidados, mas você, se errar, fica condenado a passar o resto da vida ouvindo sobre aquilo por qualquer motivo. Só eles podem errar, nós não.
O que parece engraçado, mas certamente não é, é que essas pobres pessoas tem um talento incrível para fazer com que os seus gestos nojentos, vulgares e mesquinhos pareçam erros comuns, pareçam práticas normais e ainda questionam a verdade como se fossem condenações contra eles. Miseráveis!
Poderia ser fraqueza até, se olhássemos por um ângulo fantasioso como o dessas pessoas, mas uma fraqueza maior é culpar a outros pelos erros que cometeu. Aliás, fraqueza não, afronta. Isso é mesmo um pecado. O cinismo de querer estar por cima e ainda acusar quem faz, trata e quer o bem.   
Pequenas fraquezas como essas, como eles dizem, causam enormes danos e até traumas, mas vejam o que eles colherão mais adiante!
Por isso mesmo, a Palavra de Deus nos diz: "Pode a mulher esquecer-se de seu nenê, de modo a não se apiedar do filho de seu ventre? Mesmo estas mulheres podem esquecer-se, mas eu é que não me esquecerei de ti." Lemos esse registro na Bíblia, em Isaías 49:15 e percebemos que quem não esquece de nós é Deus e que no fundo, todos se sentem sós e querem ser compreendidos; mas nunca podemos entender inteiramente outra pessoa, e cada um de nós permanece meio estranho até para os que nos amam. Os fracos é que são cruéis; só se pode esperar a brandura dos fortes. (Leo Rosten- citado por Leo Buscaglia) Por isso que escrevi que quem usa a fraqueza como desculpa quer pôr a culpa nos outros; ele nunca está errado.  
Não esqueça de quem se dispõe a cuidar de você, mesmo com tantos erros que você comete. Não esqueça de quem dá amor de verdade para você para que um dia não caia no esquecimento e não esqueça de mim, que sempre estou orando e cuidando da sua vida sob uma perspectiva altruísta e familiar.
Que o nosso amoroso, Todo-Poderoso, santo, justo e digno Deus Jeová nos dê um dia segundo a Sua santa vontade em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                          Joca Vitorino

Pensamento: "Caso meu próprio pai e minha própria mãe me abandonassem, o próprio Jeová me acolheria." (Salmo 27:10)

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Carta aos artistas

Arte é a vida vista da sua maneira. Você pode ver arte até observando as nuvens. Este é um pensamento meu, pois observo que artistas renomados usam filosofia para definir arte e ainda assim acho que a arte tem que ter uma colocação para o entendimento da maioria, contudo definir o sentimento dos outros é um pouco diferente. Você pode observar, por exemplo, que em determinado momento da vida do artista ele produziu aquilo e em outros momentos as propostas eram outras por causa do contexto emocional ou espiritual do autor. 
A arte foi feita para encantar, mas o homem inverteu os papéis e tornou a arte uma mercadoria para o interesse e controle de um determinado grupo.
Mesmo falando deste assunto, não estou analisando a arte como matéria e sim colocando-a num âmbito social natural, não acadêmico. Por que? Porque a arte se tornou objeto de estudo elitizado. A arte vem de dentro e não deviam classificar a arte. O artista vê além, busca mais, estuda o interior da sociedade em que convive e retrata isso numa tela, num grafite, na pele, no papel, num som vocal ou instrumental, numa apresentação e em mais uma infinidade de coisas, pois ainda há muito a criar.
Posso fazer uma arte urbana, uma tatuagem, uma música, um quadro. Posso fazer uma escultura, uma armadura, uma demonstração, mas o que importa é o quanto de amor e de sentimento coloco ali na minha arte que se torna uma parte de mim. (Isso ninguém consegue pagar)
A arte é a mais clara demonstração de que estamos ou não satisfeitos com a nossa condição.
Como, então, pode alguém querer vir aqui e definir a arte, a minha arte? Sou autodidata por natureza e bem sei o que escrevo, desenho e eternizo em quadros e fotografias. Eu e os que tem aproximação com as minhas artes, os meus amigos que me conhecem, que conhecem o meu temperamento, a minha malícia e a minha delícia de ser artista.
Defendo aqui os artistas como eu, que não encontram espaço em grandes galerias, mas que temos nossas obras visitadas, fotografadas e copiadas por muitos e aí, quem somos nós para reclamar? Não temos 'nome'. É assim , então? Quantas músicas são plagiadas? Quantas imagens sem assinatura tornaram-se de algum autor por ter semelhanças? Quantas frases foram destinadas a alguém apenas porque os estudiosos encontraram traços em comum com quem eles se identificam? Jeová Deus criou todas as coisas, no entanto ninguém nunca o viu se mostrar para tal, tanto que a simplicidade que Ele demonstra vem desde o princípio, onde lemos: "No princípio Deus criou os céus e a terra", segundo a Bíblia em Gênesis 1:1. Em momento algum Jeová Deus faz com que o ponto focal seja uma criação apenas, mas o seu Reino. E Ele criou as flores em sua diversidade, os animais, insetos, pássaros e criaturas desconhecidas para muitos por só existirem em um país do mundo. Esse grandioso Criador, Artista supremo, também não se gaba. e nós imitamos a Ele.       
Que o nosso grandioso Criador, eterno, soberano, justo e santo Deus Jeová nos dê um bom dia de muita energia positiva, paz, proteção, alegria, boa saúde, bençãos e madureza espiritual em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                                     Joca Vitorino

Pensamento: "Considerai tudo com alegria, meus irmãos, ao enfrentardes diversas provações." (Tia. 1:2)

domingo, 24 de agosto de 2014

Positividade

Temos que alimentar nossas mentes de coisas boas. O que é ruim, devemos abandonar e esquecer.
Não é tão prático assim como falamos, mas podemos nos esforçar e conduzir de uma maneira que se torne um hábito preencher a mente de positividade. 
Hoje, ao acordar, fiz uma oração que até chorei. Chorei de alegria, de emoção, de felicidade e de esperança e disse tudo isso ao nosso Criador. Disse o que eu estava sentindo, querendo, agradecendo e louvando e percebi quanta importância tem falar de Deus na nossa vida. Percebi quão importante é ter a quem recorrer a qualquer momento, não só quando juntos, não só quando em festividades e não só quando estiver tudo bem. 
É grande da parte de um homem se dispor a ajudar a outro despretensiosamente. Esse foi tema de um dois ensinos de Jesus, conforme a Bíblia em João 13:2-14.
Ajudar aos outros é tão valorizado por Jeová Deus que a Sua Palavra nos diz: "Não negues o bem a quem é devido, quando estiver no poder da tua mão fazê-lo." (Pro. 3:27)
Tudo o que é bom, que faz bem, que não entra em conflito com direitos ou deveres e que não está à margem da lei devemos aprimorar a prática. Experimente e veja que essas coisas atraem. Sempre o que é bom vai atrair o que é bom, diferente de você fazer a sua escolha. Vão aparecer opções na sua vida e você tem o livre-arbítrio para escolher, então, o resultado vai depender de como você se coloca perante as situações apresentadas.
Positividade requer altruísmo para ser melhor. Você recebe bem aquilo que foi capaz de oferecer.
Que o nosso cordial, amigo, santo, eterno, grandioso Criador e excelso Deus Jeová nos dê um bom dia de positividade, alegria, amor, paz, proteção, sabedoria, bençãos, boa saúde e muito amor em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                         Joca Vitorino

Pensamento: "Que cada um de nós agrade [ao seu] próximo naquilo que é bom para a edificação [dele]." (Romanos 15:2)

sábado, 23 de agosto de 2014

O valor de um nome

Olá, hjtns, tudo bem? Tudo normal, gnkw!
Percebeu como seria estranho se não tivéssemos um nome? O nosso nome é uma melodia doce de ouvir. Gosto de ouvir alguém me chamar pelo meu nome e sinto, pelo tom de voz expresso, o que pode vir daquela chamada.
Todos somos felizes quando sentimos que alguém que conhecemos há pouco tempo lembra o nosso nome. É um sinal que a pessoa se interessou e se importa conosco. 
"Que há num simples nome? Aquilo que chamamos de rosa, com outro nome, teria igual perfume." -William Shakespeare.
Segundo a Wikipédia, nome é um vocábulo ou locução que tem a função de designar uma pessoa, um animal, uma coisa ou um grupo de pessoas, animais e coisas.  
De acordo com a semiótica, um nome é um signo em que o significante é a imagem acústica da palavra falada ou a representação gráfica da palavra escrita, e o significado é conceito do objeto ao qual esta palavra remete. Este signo pode atuar como símbolo (quando se refere a uma universalidade; ex.: "rei" --- todo e qualquer rei), como índice(quando se refere a um elemento ou indivíduo; ex.: "Luís XV" --- e não qualquer rei) e também como ícone (quando se refere a uma idéia geral; ex.: "coroa" --- ícone que indica o símbolo "rei"). Obviamente, a função semântica e sintática de um nome pode variar de acordo com o contexto.
Adão deu nome aos animais, porque isto era correto aos olhos do Criador. (Gên. 2:19) Jeová Deus ajudou Adão por trazer os animais a ele para dar-lhes nome.
Nessa mesma linha de raciocínio entendemos que o nome é muito mais do que identificar alguém; é saber como age aquela pessoa. Sendo assim, é muito provável e inteligente saber e entender que o Deus que criou todas as coisas tenha um nome.
Segundo o site http://www.jw.org/pt/ Jeová [forma causativa, no imperfeito, do verbo hebr. ha·wáh (vir a ser; tornar-se); significando: “Ele Causa que Venha a Ser”].
nome pessoal de Deus. (Is 42:8; 54:5) Embora as Escrituras o designem por títulos descritivos, tais como “Deus”, “Soberano Senhor”, “Criador”, “Pai”, “o Todo-poderoso” e “o Altíssimo”, a sua personalidade e os seus atributos — quem e o que Ele é — são plenamente resumidos e expressos apenas por este nome pessoal. — Sal 83:18.
A Pronúncia Correta do Nome Divino. “Jeová” é a pronúncia mais conhecida do nome divino, em português, embora a maioria dos hebraístas seja a favor de “Javé” (ou “Iahweh”). Os manuscritos hebraicos mais antigos apresentam este nome na forma de quatro consoantes, comumente chamadas de Tetragrama (do grego te·tra-, que significa “quatro”, e grám·ma, “letra”). Estas quatro letras (escritas da direita para a esquerda) são יהוה e podem ser transliteradas em português como YHWH (IHVH, ou JHVH).
As consoantes hebraicas do nome, portanto, são conhecidas. A questão é: Quais são as vogais que devem ser combinadas com as consoantes? Sinais vocálicos só vieram a ser utilizados no hebraico na segunda metade do primeiro milênio EC. (Veja HEBRAICO [Alfabeto e Escrita Hebraicos].) Além disso, devido a uma superstição religiosa que teve início séculos antes, os sinais vocálicos encontrados em manuscritos hebraicos não nos fornecem a chave para determinar que vogais devem aparecer no nome divino.
Superstição oculta o nome. Em determinado período, surgiu entre os judeus uma idéia supersticiosa, de que era errado até mesmo pronunciar o nome divino (representado pelo Tetragrama). Não se sabe exatamente em que se baseou originalmente a descontinuidade do uso deste nome. Alguns sustentam que o nome era considerado sagrado demais para ser proferido por lábios imperfeitos. Todavia, as próprias Escrituras Hebraicas não apresentam nenhuma evidência de que quaisquer dos verdadeiros servos de Deus alguma vez hesitassem em proferir o nome Dele. Documentos hebraicos não-bíblicos, tais como as chamadas Cartas de Laquis, mostram que o nome era usado na correspondência comum na Palestina na última parte do sétimo século AEC.
Outro conceito sustenta que se pretendia impedir que povos não-judaicos conhecessem o nome e possivelmente o usassem mal. Todavia, o próprio Jeová disse que faria com que ‘seu nome fosse declarado em toda a terra’ (Êx 9:16; compare isso com 1Cr 16:23, 24; Sal 113:3; Mal 1:11, 14), para ser conhecido até mesmo aos seus adversários. (Is 64:2) De fato, o nome era conhecido e usado por nações pagãs tanto antes da Era Comum como nos primeiros séculos dela. (The Jewish Encyclopedia [A Enciclopédia Judaica], 1976, Vol. XII, p. 119) Outra alegação é que o objetivo era proteger o nome contra o uso em ritos mágicos. Neste caso, trata-se de raciocínio fraco, pois é óbvio que, quanto mais misterioso se tornasse o nome por falta de uso, tanto mais serviria para os objetivos dos praticantes da magia.
O valor do nome, temos certeza agora, é próprio de quem é digno, justo e merecedor de tal. A Bíblia nos fala que um bom nome é preferível às grandes riquezas; a boa reputação vale mais do que a prata e o ouro. Sabemos, então, que as nossas ações é que deixarão marcas registradas de quem somos ou fomos nós realmente. (Pro. 22:1)
Que o nosso Criador, Todo-Poderoso, amoroso e eterno Deus Jeová, santo que é nos dê um bom dia de frutos do espírito santo, bençãos, madureza espiritual, boa saúde, proteção e sabedoria em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                       Joca Vitorino

Pensamento: "Que todo homem coma e deveras beba, e veja o que é bom por todo o seu trabalho árduo. É a dádiva de Deus." (Eclesiastes 3:13)



sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Amar dói?

O amor saiu para buscar algo e você sentiu saudades.
O amor vale muitos sentimentos para cada pessoa. Eu posso considerá-lo um favor para o meu coração, ou posso analisá-lo como um bem que causa dores, as dores de um amor que deixa saudades, angústia, aflição, medo... as dores de amar e ter que passar por tantas ilusões e tentar até conquistar um lugar ao lado do seu amor pelo tempo que perdure.
O meu amor não parece com o seu porque não amei desesperadamente e também porque sei que o meu amor e eu não trocamos gostar do outro se... como uma obrigatoriedade.
Se digo que o amor é assim, é porque é assim que sinto.
Pergunte para quem está ao seu lado, na sua frente, ao seu redor o que é o amor e ninguém dirá da mesma maneira. Mas quer dizer então que não é amor? Só quer dizer que sente e entende de de uma forma singular, particular, pessoal e não da sua forma ou filosoficamente falando.
O amor é a intensidade do meu sentimento com o meu lamento ou minhas felicitações. É uma coisa sublime entre eu e você.
Amar dói? Depende de como você se coloca dentro de um relacionamento. Atente para esse exemplo transcrito de um livro: "Davi, um ancestral de Jesus, era pastor quando jovem. Mais de uma vez ele arriscou a vida para proteger suas ovelhas de animais selvagens ferozes. (1 Samuel 17:34-36) Jesus foi ainda mais longe em favor de seus seguidores. Deu a vida por eles. (João 10:15) Esse é o tipo de amor onde não se impõe condição; ama e pronto! Sente e sabe que não tem mais muito a fazer. (Livro venha ser meu seguidor -Publicado pelas Testemunhas de Jeová) Acesse: http://www.jw.org/pt/
Pois é, amar não dói. O que dói é você investir numa pessoa egoísta e não no amor. O que dói é você lutar contra muitos por alguém e esse alguém não corresponder à altura. O que dói é você alimentar esse amor, fortalecê-lo, dar-lhe plena liberdade e ele se afastar para bem longe do seu coração, que é o ninho do amor maior, que é o lugar onde estavam armazenados os sonhos.
Que o nosso glorioso, digno, compassivo, fiel, justo e santo Deus Jeová nos dê um bom dia de boas virtudes, autodomínio, madureza espiritual, proteção, paz, bençãos, boa saúde, fé e amor em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                                     Joca Vitorino

Pensamento: "Nem todo o que me disser: 'Senhor, Senhor', entrará no reino dos céus, senão aquele que fizer a vontade de meu Pai, que está nos céus." (Mateus 7:21)

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

O que as pessoas precisam saber

Como é bom poder compartilhar as boas coisas que aprendemos!
É uma emoção grandiosa aprender e ajudar de uma maneira simples, sem autoridade, só por amor mesmo.
Quando você está na escola e tem um questionamento acerca de um assunto que você domina, sua intenção é ajudar aos colegas. Também no local de trabalho, se você tem um macete como desenvolver o serviço de maneira mais prática, certamente vai lá naquele novato e indica pra ele como é que faz e isso dará a você um crédito moral com aquela pessoa ajudada.
Em relação a espiritualidade, a ajuda tem um valor maior, diferente, muitas vezes contestado, mas que sempre traz benefícios duradouros e reais. Um exemplo disso é que eu estava lendo um compêndio bíblico que dizia assim a respeito do verdadeiro Deus: "*A declaração de Jeová, 'vós sois as minhas testemunhas', foi feita num contexto em que se debatia a questão da divindade. (Isa. 43:10) O teor da mensagem que devemos divulgar não se resume a incentivar as pessoas a ter uma religião ou acreditar num deus. Elas precisam ter a oportunidade de aprender que o Criador do céu e da Terra é o único Deus verdadeiro. (Isa. 45:5, 18, 21, 22; João 17:3)" (*Beneficie-se da Escola do Ministério Teocrático -publicado pelas Testemunhas de Jeová) E essa é a ajuda que queremos dar às pessoas. É isso o que estamos nos esforçando a fazer, mas muitos fecham as portas para a verdade que liberta, pois estão presos aos ensinamentos inadequados que receberam de quem não aprende nem para si mesmo e dos que não pretendem sair do erro que os acolhe e sustenta.
O que as pessoas precisam saber é que Jeová é o Criador de todas as coisas; que Ele é o único Deus verdadeiro; que é um Deus de notável amor, superlativa sabedoria, perfeita justiça e pleno poder e que temos que prestar contas a Jeová pelo que fazemos*. Também temos que informar com propriedade, que o único intermediário entre Deus e os homens é Jesus Cristo e não há outro.
Essas coisas as pessoas precisam saber e é nossa responsabilidade informar.
Que o nosso grandioso Criador, magnífico Senhor, misericordioso e clemente Deus Jeová nos dê um bom dia de sabedoria, proteção, bençãos, amor, alegria, paz e boa saúde em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                                Joca Vitorino

Pensamento: "Naquele tempo, os que temiam a Jeová falaram um ao outro, cada um ao seu companheiro, e Jeová prestava atenção e escutava. E começou-se a escrever perante ele um livro de recordação para os que temiam a Jeová e para os que pensavam no seu nome." (Malaquias 3:16)



quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Imite boas qualidades

Será que um familiar seu ou um amigo muito querido e próximo tem qualidades tão nobres que você desejaria imitá-las? Se for esse o caso, por que? Que qualidades você admira em alguém?
As qualidades no outro devem ser estimulantes, dignas de querer fazer algo semelhante, entretanto o desempenho e bem querer tem que vir do coração, afinal, de que adianta fazer uma boa coisa se não for de coração? É o fazer bem feito, o fazer de coração que determina a capacidade e a qualidade de alguém.
É claro que acreditamos em pessoas com quem convivemos há algum tempo e que tem sido bons exemplos de como lidar com certos assuntos nas mais diversas situações! Mas isso não significa que esta pessoa não falhe nunca, significa, antes, que é esforçada, instruída e que contribui para uma melhor vida social. Da mesma forma devemos encarar as pessoas ao nosso redor, sabendo que pode ocorrer um deslize ou mesmo um problema por causa da nossa imperfeição.
As qualidades que você tem que buscar tem que ser as que pessoas de todos os lugares possam adotar. Qualidade, então, seria um propósito para você e para os que o admiram.
Um exemplo de quem tem qualidade, sabe usá-la e a mantém é o de quem tem coragem, sabedoria, bons exemplos e compaixão, como compreendemos lendo na Bíblia, em 1 Pedro 2:21 que diz que Cristo deixou-nos um modelo para seguirmos de perto os seus passos. Sendo assim, ao imitarmos as qualidades de Cristo, estaremos agradando tanto a Jeová Deus como ao próprio Cristo, que morreu por nós. Isso é imitar boas qualidades.
Que o nosso supremo, santo, amoroso, justo e querido Deus Jeová nos dê um bom dia de superação, proteção, poder além do normal, bençãos, sabedoria, boa saúde, paz, alegria e muito amor em nomne de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                               Joca Vitorino

Pensamento: "Bem sei, ó Jeová, que não é do homem terreno o seu caminho. Não é do homem que anda o dirigir o seu passo." (Jeremias 10:23)

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Notícias de fazer entender

Que notícia você gostaria de dar às pessoas?
Que comunicado você rejeitaria divulgar para as pessoas? 
Percebe como temos poucas opções quanto a informações a serem passadas? A notícia tem que ser propalada. Não importa por que meios, a notícia virá; a notícia sempre chega.
Ouvimos noticiários sobre o trânsito (engarrafamentos, acidentes...), sobre a criminalidade (assalto, homicídio, latrocínio, tráfico, estupro...), sobre celebridades (escândalos, suicídios, fofocas, divórcios...), sobre política e religião dentre outras dezenas de acontecimentos diários.
Lemos e assistimos a coisas absurdas, assim como a coisas deleitosas, proveitosas, mas sempre o que choca chama mais a atenção.
As boas novas são notícias que tem que ser ensinadas e mostradas. São as ideias da verdade ensinadas por Jeová, apresentadas na Bíblia nas escrituras hebraico-aramaicas e nas escrituras gregas cristãs, que são chamados popularmente de velho e novo testamento, cujo tema central é o Reino de Deus e a pregação era: "O reino dos céus se tem aproximado." (Mateus 3:1, 2) E logo se tornou: "Eis o cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo." Direcionando a atenção das pessoas para o rei messiânico, há muito esperado, Jesus. (João 1:29)
A Bíblia contém boas novas a respeito dum Reino messiânico projetado por Deus, que estabelecerá para sempre a paz e a justiça na terra paradísica unificada. Mostra que Deus proveu amorosamente a recuperação jurídica do mundo da humanidade decaída das garras da morte, por meio do sacrifício resgatador de seu Filho, Jesus Cristo. -João 3:16 (Extraído da introdução da Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas com referências, publicadas pelas Testemunhas de Jeová e disponível no site: http://www.jw.org/pt/ )
As boas novas podem ser dispostas assim: Boas novas do Reino de Deus (Romanos 15:16); Boas novas sobre Jesus Cristo (Marcos 1:1); Boas novas da benignidade imerecida (Atos 20:24); Boas novas de paz (Efésios 6:15) e Boas novas eternas (Apocalipse 14:6).
Aceitar as boas novas resulta em salvação, tanto para quem prega com dedicação e amor, como para quem escuta e obedece. 
Permita ao outro saber as verdades que a palavra de Deus apresentam. Seja você um portador das boas novas para a humanidade sofrida e carente de atenção e amor.
Que o nosso maravilhoso, Todo-Poderoso, benigno e eterno Deus Jeová nos dê um bom dia de alegria, fortaleza espiritual, bençãos, proteção, paz e amor em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                      Joca Vitorino

Pensamento: "Agora, se as boas novas que declaramos estão de fato veladas, estão veladas entre os que perecem, entre os quais o deus deste sistema de coisas tem cegado as mentes dos incrédulos, para que não penetre o brilho da iluminação das gloriosas boas novas a respeito do Cristo, que é a imagem de Deus." (2 Coríntios 4:3, 4)  

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Você está preparado?

Sabe realmente o que quer da sua vida e para a sua vida?
Às vezes, pensamos que está tudo resolvido quanto a estudos, trabalho ou vida amorosa, mas quando acontece uma dificuldade, deparamos com uma interrogação flutuando sobre nós, como se estivesse dizendo: 'E agora?' Essa pergunta é mais um motivo de estudo por ser retoricamente duvidosa em si. E agora, significa que a pessoa não estava preparada para tal acontecimento. Ninguém está, normalmente falando, contudo, quando empregamos bem a nossa vida, recebemos esse amparo legal.
Leiamos um relato que mais se torna uma fonte de ação imediata para viver feliz. Está registrado na Bíblia, em Romanos 8:35-39: "Quem nos separará do amor do Cristo? Acaso tribulação, ou aflição, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada?' Aí você vai ter que parar e analisar o que você quer mesmo da sua vida, porque Jesus Cristo patrocinou o amor e o perdão para nós. E pra quê? Será que pra nada? 'Assim como está escrito: 'Por tua causa estamos sendo entregues à morte o dia inteiro, temos sido considerados como ovelhas para a matança.' Isso significa o sacrifício que Jeová Deus merece, pois ele merece toda honra, glória e louvor. 'Ao contrário, em todas estas coisas estamos sendo completamente vitoriosos, por intermédio daquele que nos amou. Pois estou convencido de que nem a morte, nem a vida, nem anjos, nem governos, nem coisas presentes, nem coisas por vir, nem poderes, nem altura, nem profundidade, nem qualquer outra criação será capaz de nos separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor." É esse o amor que você sente de verdade? É disso que você é capaz?
Temos que estar cientes, convictos e preparados sempre, mesmo após problemas aflitivos. Essa força deriva da esperança, que nutre a fé e que nos faz perseverar.
Que o nosso bondoso, santo, grandioso Criador, clemente e misericordioso Deus Jeová nos dê um bom dia de paz, proteção, sabedoria, bençãos, boa saúde, amor e muita alegria em nome de nosso Senhor e redentor Jesus Cristo!

                                                            Joca Vitorino

Pensamento: "Jeová... concede aos teus escravos que persistam em falar a tua palavra com todo o denodo, ao passo que estendes a tua mão para sarar e ao passo que ocorrem sinais e portentos por intermédio do nome de teu santo servo Jesus." (Atos 4:29, 30)

domingo, 17 de agosto de 2014

O amor fora da embalagem

Será que é amor?
Você fica feliz ao ver aquela pessoa, sente-se animada ao sentar-se ao lado dela, fica entusiasmada por fazer uma tarefa ao lado daquela pessoa e sorri quando ela sorri também. O que está acontecendo com você, com o seu coração e com as suas emoções?
O AMOR dá uma certa liberdade ao objeto amado em proporções medidas pelas situações e isso vai variar de pessoa, cultura e tratamento familiar.
Varia de pessoa na questão social e psicológica, pois, o amor hoje está vinculado ao imediatismo e a situações que envolvem outras pessoas ao redor, como num círculo de amigos, o que pode gerar fofocas e desavenças até, dependendo do grau de romance que estejam vinculados.
Varia de cultura, porque em cada região do país ou do estado em que vivemos, as manifestações de amor tem suas peculiaridades, por exemplo, fomos criados numa família protecionista, com o amor demonstrado em tudo, desde o jeito de acordar o outro e horários para se alimentar até cuidados médicos e de higiene.
Varia de tratamento familiar porque quando uma família tem muitos afazeres profissionais, deixam os membros aos cuidados de conhecidos ou indicados por um conhecido, por outro lado, quando a família é muito protetora, pode fazer com que se torne incapaz, porque vai esperar que tudo se resolva à base dos amigos que tenham na justiça, no hospital, no trabalho ou na mídia e não vai fazer a sua parte.
O amor tem que ser livre de certa forma. Imagine o amor colocado numa conserva. Nessa condição ele não vai crescer mais, não vai a lugar algum. Só que ainda há amor, ainda há uma esperança de que ele vingue de alguma maneira lá, naquele objeto onde foi guardado, frio e solitário. Esse é o amor aprisionado que muitos se dizem donos, mas que estão enclausurados e se enclausurando.
Um amor que não vai a lugar algum não pode polinizar corações e não vai subsistir por muito tempo. O amor tem que ter um espaço, um caminho a seguir e uma companhia para viver.
O amor não é classificado filosofica nem psicologicamente sem que sofra avarias morais.
A Palavra de Deus nos fortalece e disciplina quando diz sobre em que  e como devemos proceder: "Agora, porém, permanecem a fé, a esperança, o amor, estes três, mas o maior destes é o amor." (1 Coríntios 13:13) Temos que continuar com a fé e com a esperança, portanto, para a elevação do amor.
O amor tem que estar fora da embalagem para que seja percebido, entendido e conhecido. Que seja amor!
Que o nosso soberano, eterno, justo, sublime, paciente e misericordioso Deus Jeová nos dê um bom dia de alegria, proteção, bençãos, paz e boa saúde em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                             Joca Vitorino

Pensamento: "Se estiverdes executando a lei régia, segundo a escritura: 'Tens de amar o teu próximo como a ti mesmo, fazeis muito bem. Mas, se continuardes a mostrar favoritismo, estais praticando um pecado, porque sois repreendidos pela lei como transgressores."  (Tiago 2:8, 9)
     

sábado, 16 de agosto de 2014

Fragmentos de viver

A felicidade é uma coisa boa como muitos sonharam.
Ela estava seguindo um caminho abaixo da calçada e ele a afastou para andar sobre a calçada ao que ela disse, irônica, que sempre ia pela pista onde passam os carros. Nesse rápido momento em que aconteceu isso nossas mentes imaginam a sequência da conversa ou um possível atrito entre eles por um querer estar com a razão. Podemos imaginar o que quiser.
Ao virar a curva de uma rua principal para outra rua, vimos à esquerda, carros vindo em nossa direção e um motorista num utilitário branco, cotovelo fora da janela, observa-nos passar com um olhar pensativo e um sorriso distante nos lábios. Talvez ele quisesse perguntar algo ou simplesmente admirasse o corpo feminino ao meu lado, ou ainda imaginasse o contraste entre aquelas duas figuras, sendo um homem aparentemente comum, eu, magro, negro com uma mulher branca, compleição física apresentável... podiam ser dezenas de pensamentos e imaginamos  nossos os pensamentos alheios.
Paramos num estabelecimento para comprar e enquanto aguardávamos atendimento fiquei olhando para a rua, com os carros e pessoas transitando como o mar, que traz as ondas até a beira da praia e as busca de volta, esse ciumento mar no asfalto da cidade. Olhando para a frente vi pessoas passarem apressadas sem olhar para trás, sequer e vi pessoas sorrindo, parecendo lembrar algo agradável ou engraçado. Vi também pessoas tamborilando o volante dos carros, como se aquilo pudesse acalmá-los ou causasse um relaxamento de emergência contra o congestionamento.
Ao aproximar-me da minha casa continuei imaginando o que as pessoas possivelmente estariam pensando no momento em que eu ia caminhando pela rua. Passei por uma barbearia e vi um homem sorridente cuidando do seu cliente que também apresentava um belo sorriso; passei por uma padaria com uma mulher gorda e séria franzindo a testa, dando-lhe um ar mais sério ainda, apesar de jovem, aparentemente preocupada com alguém que se atrasou, visto que ela ia e voltava diversas vezes no pequeno passeio que era a parte frontal daquele comércio e olhava para cima, dava uma volta e fez uma sequência desses movimentos; cheguei em minha casa, abri a porta, olhei para dentro e agradeci a Deus por ter-me acompanhado, abençoado, protegido e guiado nessa ida e volta para o meu lar. Agradeci a Deus, mais por amor mesmo do que pelo fato de ter estado sempre ao meu lado. Temos que pensar melhor, temos que ter melhores atitudes em nossas vidas. Temos que estar apresentáveis a Deus, nos concentrando em assuntos espirituais e seguindo seus ensinamentos e princípios que são encontrados na sua Palavra, a Bíblia. (2 Timóteo 3:16, 17)
Os fragmentos que temos de pensamentos, ideias ou atitudes podem nos fazer melhores ou nos impossibilitar de viver, depende de seu direcionamento.
Que o nosso santo, soberano, eterno e querido Deus Jeová nos dê um bom dia de muita paz, alegria, amor, poder além do normal, proteção, boa saúde e sabedoria em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                            Joca Vitorino

Pensamento: "Se vós, embora iníquos sabeis dar boas dádivas a vossos filhos, quanto mais o Pai, no céu, dará espírito santo aos que lhe pedirem." (Lucas 11:13)  



sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Não perca o senso de urgência

Eles não estão se importando com o que está acontecendo ao nosso redor. Todos os dias notícias de crimes invadem as telas da tv, os alto falantes dos rádios e as páginas dos jornais, mas parece que isso tomou uma proporção mínima e muitos acham isso normal.
Se prestarmos atenção, veremos que está difícil ouvir palavras gentis ou carinhosas. Está difícil ouvir 'por favor!' ou 'bom dia!' porque as pessoas estão muito ocupadas e muito apressadas em resolver suas vidas e cumprir suas tarefas.
Um homem passou cerca de quarenta anos falando sobre coisas que seriam valorosas futuramente, falando sobre as pessoas prestarem um pouco de atenção e tentando fazê-las entender grandes coisas que ocorreriam em breve. Mas eles fizeram pouco; duvidaram daquelas palavras e, pior!, achavam aquele homem um louco. Esse homem, Noé, fez as coisas exatamente como Deus ordenara e publicou as boas novas durante toda a sua existência, porém, apenas a sua família imediata e suas noras obtiveram a salvação porque apenas eles acreditaram profundamente naquilo que ouviram, e hoje o mundo está num estado mais grave do que naqueles dias em que Noé pregou, pois as ocupações do dia a dia privam as pessoas de se envolverem plenamente com as coisas sagradas. Hoje, como naqueles dias, as pessoas perderam o senso de urgência por estarem muito ocupadas com seus afazeres e com tudo em excesso como o mundo os obriga a fazer, entrando assim, numa sonolência espiritual que lhes tira o prazer da vida eterna e de viver num mundo justo, achando até impossível crer nessas promessas. (Gênesis 6:22) Sendo assim, leia o alerta e informe que a Bíblia nos dá: "Prestai atenção a vós mesmos, para que os vossos corações nunca fiquem sobrecarregados com o excesso no comer, e com a imoderação no beber, e com as ansiedades da vida, e aquele dia venha sobre vós instantaneamente como um laço. Pois virá sobre todos os que moram na face de toda a terra. Portanto, mantende-vos despertos, fazendo todo o tempo súplica para que sejais bem sucedidos em escapar de todas estas coisas que estão destinadas a ocorrer, e em ficar em pé diante do Filho do Homem." (Lucas 21:34-36)   
Por isso e por prezarmos a soberania de Jeová Deus é que não podemos perder o senso de urgência. Temos que estar alertas, interessados e dedicados em pregar as boas novas do Reino de Deus. (Mateus 24:14)
Que o nosso grandioso, maravilhoso, eterno, santo e querido Deus Jeová nos dê um dia segundo a Sua santa vontade em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                   Joca Vitorino

Pensamento: "Vinde, observai as atividades de Jeová, como ele tem posto eventos assombrosos na terra." (Salmos 46:8)

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

O ser jovem

Ele era jovem, divertido, amigo e gostava muito de brincar, de dar uma medida de atenção aos outros, mas ainda não havia entendido o porquê de tantos assuntos diferentes em sua vida e começou a buscar entendimento da forma incorreta e difícil.
A juventude é um estado emocionalmente árduo, muitas vezes, mas também é um período da vida em que as descobertas se tornam aprendizado e ensinamento ao mesmo tempo.
Li num site a seguinte informação: Antes de concluir precipitadamente que a rebeldia tomou conta do seu filho, reconheça que muito do que você observa é parte do desenvolvimento natural dele. Ele pode retrucar só para provar que está amadurecendo. Resista à tentação de se envolver em discussões. Lembre-se: o modo como você reage às provocações ensina uma lição a seu filho. Dê o exemplo, mostrando paciência e longanimidade, e seu filho provavelmente vai imitá-lo. — Gálatas 5:22, 23Podemos compreender, então, que é mais uma questão de autodomínio e uso prático da sabedoria que de demonstrar uma aparente autoridade. < http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/1102011188?q=adolescentes&p=par >
Ele era jovem, sim, mas a sua conduta era infantil, posto que era teimoso, irritante, queria as coisas ao seu modo e não aceitava correção. Mas era muito dedicado a alguma coisa que o interessava; a uma coisa só. Normalmente, essa coisa era pessoal como jogos, amizade ou romance. O que fazer e como lidar com isso? A resposta varia muito de quanta informação esse jovem tem na sua vida sobre ser família, sobre ter responsabilidade e sobre a conduta e suas consequências perante Deus e perante a sociedade em que vive.
Vamos aprimorar a nossa paciência, o nosso autodomínio e buscar mais a paz.
Que o nosso misericordioso, santo e amado Deus Jeová nos dê um bom dia de frutos do seu espírito santo, boa saúde, proteção, bençãos e sabedoria em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                       Joca Vitorino

Pensamento: "Os frutos do espírito são amor, alegria, apz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, brandura, autodomínio. Contra tais coisas não há lei." (Gálatas 5:22, 23)



quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Como é bom ouvir a sua voz!

O que você gostaria de ouvir hoje?
Se lhe fosse concedido o prazer de escolher o que ouvir, o que escolheria?
Palavras de amor da pessoa amada, muitos diriam. Músicas que relembrem momentos felizes, outros diriam, mas o que a grande maioria, inconsciente disso, gostaria de ouvir mesmo são palavras consoladoras  que anunciassem alegria e paz; palavras de amor e de esperança. Somos tão carentes dessas coisas!
Com a evolução da tecnologia as pessoas hoje estão num relacionamento cada vez mais distante. O aparelho celular, a internet com suas redes sociais e as videoconferências são novas e desastrosas maneiras de relacionamento íntimo, seja de amizade ou romance.
Todos estão envolvidos de uma maneira espetacular numa adaptação diferente como Facebook e Whatsapp e isso tem levado as pessoas a buscarem aplicativos que os faça mais próximos em vez de buscarem as pessoas e as contatar, o que seria mais simples e realmente eficaz. Tudo bem que, quanto a distância, sabemos que são ferramentas muito úteis, entretanto, isso está encurtando a saudade e substituindo o prazer do aconchego pessoal.
Os humanos estão tão automáticos que expressões de cordialidade quase não existem mais. Nos aproximamos de alguém num restaurante, numa ala de hospital, na Rodoviária ou Aeroporto e somos recepcionados por pessoas apressadas, amedrontadas ou estrangeiras e não ouvimos um bom dia! nem sentimos um aperto de mão ou mesmo um olhar seguido de um sorriso, mas nas redes sociais as pessoas tem centenas e até milhares de amigos ou seguidores.
Quero é ouvir você falando comigo, me olhando nos olhos, tocando em mim. Quero é sentir o suave som da sua boca, um abraço seu, um sorriso de verdade.
Quero falar com você e ao ouvir o seu falar poder dizer com prazer: 'Como é bom ouvir sua voz!'
Isso tem que nos acompanhar como uma lição de vida para toda a vida, pois sabemos que a Bíblia diz: "Vem a hora em que todos os que estão nos túmulos memoriais ouvirão a sua voz e sairão, os que fizeram boas coisas, para uma ressurreição de vida, os que praticaram coisas ruins, para uma ressurreição de julgamento." (João 5:28, 29) Agora dá pra entendermos a dimensão do valor que existe em ter uma aproximação sincera com todos, segundo esses versículos bíblicos. Sabemos o quão interessante é e vai ser poder ouvir uma voz conhecida, nos levando para um bom lugar, nos conduzindo como a ovelhas queridas pelo seu Pastor. Assim, poderemos dizer em bom e alto som ao nosso Redentor e Salvador Jesus Cristo: "Como é bom ouvir sua voz!"
Que o nosso maravilhoso, soberano, santo, ouvinte de oração e querido Deus Jeová nos dê um bom dia de bençãos, proteção, alegria, paz, brandura, autodomínio, esperança e fé em nome de nosso Senhor e salvador Jesus Cristo!

                                                                 Joca Vitorino

Pensamento: "Seja a vossa razoabilidade conhecida de todos os homens." (Filipenses 4:5)
  

terça-feira, 12 de agosto de 2014

O amor nos motiva

Ele sentia grande e terna afeição por ela e ambos viviam pensando no outro, faziam as coisas pensando no outro e até trabalhavam para suprir as necessidades do outro. Era assim que eles viviam o amor juvenil em corpos adultos; eles sentiam que não poderiam viver sem a presença do seu semelhante. Esse amor baseado em necessidades físicas e emocionais os tornava mais íntimos, mais achegados.
Amar pode parecer uma 'tarefa' difícil para quem pensa em lucrar com isso. O amor não é sugestionável, nem mesquinho, nem troca o material pelo abstrato. O amor é como aquela onda se formando bem lá no meio do mar, que vem se aproximando devagar e, ao chegar próximo da praia, se entrega com toda força, com toda a vontade e prazer. É assim que você sente?
O amor nos motiva, mas foi também o que influenciou o nosso Criador a voltar a sua atenção especial aos homens. A Bíblia esclarece: "O amor de Cristo nos compele, porque foi isso o que julgamos, que um só homem morreu por todos, de modo que, então, todos tinham morrido; e ele morreu por todos, para que os que vivem não vivessem mais para si mesmos, mas por aquele que morreu por eles e foi levantado." (2 Coríntios 5:14, 15) Esse amor baseado na pureza e na honra torna a todos significativamente melhores.
Então, o amor nos motiva a tomar decisões baseadas no que é correto e não meramente em agradar a alguém por alguém tê-lo agradado.
O amor nos motiva a sermos sensatos, afetuosos e a nos entregarmos com alegria. Foi assim que Jeová Deus fez ao dar o seu amado Filho em prol de toda a humanidade obediente. (João 3:16)
Que o nosso amado, excelso, soberano, querido e santo Deus Jeová nos dê um bom dia de muita alegria, paz, bençãos, boa saúde, sabedoria, proteção e amor em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                            Joca Vitorino

Pensamento: "[Devemos estar] exibindo plenamente uma boa fidelidade, para que adorne o ensino de nosso Salvador, Deus, em todas as coisas." (Tito 2:10)

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Que amor é esse que você sente e que você dá?

Os que passam a vida se importando com o que os outros sentem ou passam, vivem como desconhecidos porque fazem as coisas com o coração. São os anônimos mais conhecidos em toda a parte, visto que fazem coisas que, em outras circunstâncias, seriam necessárias grandes arrecadações, mas  as fazem dos esforços pessoais e condições materiais próprias.  
Por que uma pessoa ou um grupo de pessoas se envolvem de tal maneira? Movidos pelo amor altruísta, onde não se busca vantagens pessoais e sim a abnegação (onde nega a si mesmo em prol do próximo). O altruísmo os leva a ter compaixão dos mais necessitados e isso faz com que empregue bem o seu amor.
Amar assim, incondicionalmente, faz um bem incrível, porque nos deixa livres de cobranças e nos permite ter uma liberdade que muitos desconhecem por não agir assim.
Jesus Cristo demonstrou esse tipo de amor quando esteve entre os homens. Chegou a ser tentado no ermo pelo inimigo, mas Jesus manteve-se firme nos princípios divinos e mostrou que vencer é uma questão de fé e árdua luta.
Hoje sabemos que existem milhares de pessoas que agem do modo adequado para com os corretamente dispostos a aceitar as boas novas do Reino de Deus. Muitos perguntam o que elas ganham, com isso e essas pessoas humildes e amorosas felizmente ganham a satisfação de representar aquele que sacrificou-se por todos e de fazer a vontade do Pai nosso que está nos céus. (Atos 13:48)
O amor que sentimos deve ser o mesmo que damos para que todos estejam alegres e satisfeitos com isso.
Que o nosso misericordioso, sublime, terno, carinhoso, santo e justo Deus Jeová nos dê um dia segundo a Sua santa vontade em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                           Joca Vitorino

Pensamento: "Quem me tem visto, tem visto [também] o Pai." (João 14:9)

domingo, 10 de agosto de 2014

Expressões de amor

Ela estava muito doente e sabia que não teria outra chance em sua vida para mostrar o quanto amava a sua família. Então, fez da maneira mais natural que é demonstrar praticando. Essa mulher, minha mãe, lutou contra a morte de uma maneira tão impressionante que ninguém acreditou que ela iria morrer tão cedo, mas sabe o que ela fez? Trabalhos artesanais para presentear todos os seus filhos e os netos mais próximos, assim como às suas noras. Também orientou e pediu que cuidássemos um do outro. Expôs algumas falhas que cometíamos com alguma frequência e nos orientou a sermos mais amigos. Essa é uma grande, profunda e importante expressão de amor, de amor de mãe, de quem tem experiência e de quem ama de verdade.

Eles estavam juntos há muitos anos e os ouvíamos falar com carinho, educação e respeito com o outro. Eles diziam, 'por favor!' e era uma linda lição, para nós, de como se alimenta o amor, pois é preciso paciência também, assim como dedicação e prazer em fazer tais coisas. O amor depende muito do respeito para durar. Precisa também da comunicação. O modo como se dirige ao outro causa uma impressão real do que o outro sente em relação ao companheiro. Esta é uma digna expressão de amor. 

Ele estava muito bem de saúde, gostava de visitar as pessoas e de falar sobre as maravilhas da criação. Gostava de ajudar e de participar em eventos com os ao seu redor. Ele quis o bem da humanidade e fez isso de várias maneiras, ensinando, mostrando, praticando e se dedicando ao seu propósito. Seu nome? Jesus Cristo. E a Palavra de Deus nos mostra o quanto isso foi decisivo para o futuro dos homens: "Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e poder, o qual andou por toda parte, fazendo o bem e curando a todos os oprimidos do diabo, porque Deus era com ele." (Atos 10:38) Esta é uma bela e imensurável expressão de amor.  
As expressões do amor vão depender da cordialidade, da mensagem entendida ou sub entendida, das cartas escritas mentalmente, dos poemas 'parecidos com o seu relacionamento', das músicas que parecem escritas para vocês dois e, principalmente do casamento, que é a mais verdadeira expressão de amor.
Que o nosso soberano, santo, justo amoroso, eterno e querido Deus Jeová nos dê um bom dia de paz, bençãos, boa saúde, proteção, alegria e amor em nome de nosso senhor Jesus Cristo!

                                                       Joca Vitorino

Pensamento: "Que todos os vossos assuntos se realizem com amor." (1 Coríntios 16:14) 

sábado, 9 de agosto de 2014

O amor não acabou

Estava sentada na varanda ouvindo música quando ele chegou. Ela trajava uma blusa leve e uma pequena peça parecida com um calção de banho. Ele entrou, olhou para ela e sorriu, mas ela viu naquele olhar um sorriso triste, afinal já se passaram alguns anos de relacionamento e dá para perceber como o outro age ou demonstra certas sensações.
Quando ele chegou, pelo modo de andar ela já podia perceber que havia algo de diferente, mas ela tentou tornar-se despreocupada e levantou para afagá-lo e ele se afastou com certa rispidez. A vontade que dava era de gritar, porque há alguns dias ele estava se distanciando e ela sabia que não havia motivo para isso, contudo ele estava se mostrando irritado a todo momento e ralhava por qualquer motivo.  Foi quando ele informou-lhe que estava indo embora e que não era bem aquilo que esperava de um relacionamento, que não estava feliz vivendo com tanta intensidade, mas ela sabia que, na verdade, ele estava era fugindo de ter uma responsabilidade maior, visto que curtir festas era o que ele mais gostava e conviver com alguém trazia pesadas responsabilidades, coisa que nem de longe ele queria para a sua vida.
Assim percebemos que conviver é muito mais do que achar 'bonitinho' morar juntos; é mais do que passar alguns dias em êxtase. A missão familiar é uma benção, porque Jeová Deus, o criador do casamento o fez como instituição, a maior instituição já criada em todos os tempos. É da família que nasce uma sociedade.
O amor não acabou porque não era amor. Acabou a relação, mas junto com isso, acaba também a confiança, o prestígio que o outro teve e a amizade plena e leal.
O amor não acaba posto que amar é um conjunto de sentimentos. esses sentimentos, sim, se desgastam quando não bem cuidados e por isso acontece findar relações.
Perceba esse alerta da Bíblia: "O matrimônio seja honroso entre todos e o leito conjugal imaculado, porque Deus julgará os fornicadores e os adúlteros." (Hebreus 13:4) Sair de uma relação e já entrar em outra mostra falta de respeito por si mesmo, falta de personalidade e de amor. Pode ser também por medo de ficar só, de não ter mais alguém ou de ser traído. Mas quem espera em Deus tem grande recompensa.
Mantenha a sua conduta excelente. (1 Pedro 2:12) O amor não acabou.
Que o nosso soberano, justo, fiel, santo e eterno Deus Jeová nos dê um bom dia de paz, brandura, boa saúde, sabedoria, bençãos e proteção em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!

                                                  Joca Vitorino

Pensamento: "Por causa da prevalência da fornicação, tenha cada homem a sua própria esposa e tenha cada mulher o seu próprio marido." (1 Coríntios 7:2)