Google+ Followers

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Perdoar mantem a união


O amor de Jesus pela sua congregação de discípulos é
um exemplo perfeito para os maridos. Jesus “amou-os até
o fim”, sacrificando sua vida por eles, muito embora estivessem
longe de ser perfeitos. ( João 13:1; 15:13) De modo
similar, os maridos são aconselhados: “Persisti em amar as
vossas esposas e não vos ireis amargamente com elas.” (Colossenses
3:19) O que ajudara´ o marido a aplicar esse
conselho, em especial se a esposa às vezes não agir com bom
senso? Ele deve lembrar-se de seus próprios erros e do que
precisa fazer para receber o perdão de Deus. Precisa fazer o
quê? Perdoar os que pecam contra ele, e isso inclui a esposa.
Naturalmente, ela deve fazer o mesmo. (Mateus 6:12, 14, 15)
Você entende então por que se diz que um bom casamento
é a união de dois bons perdoadores? 

(Livro 'O que a Bíblia realmente ensina?'- Associação Torre de Vigia de Bíblias e Tratados)



ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA DE BÍBLIAS E TRATADOS

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Qual é a sua personalidade?


Que espírito minha personalidade reflete? (Leia Colossenses 3:8-10,13.) O espírito do mundo promove as obras da carne (Gálatas 5:19-21) O verdadeiro teste quanto a que espírito nos influencia não acontece quando as coisas vão bem, mas sim quando vão mal, como no caso de um cristão nos ignorar, nos ofender ou até mesmo pecar contra nós. Além disso, dentro de nossa casa pode ficar evidente que espírito prevalece. Talvez seja necessário uma autoanálise. Pergunte-se: ”Nos últimos seis meses, será que melhorei minha personalidade cristã, ou retrocedi a alguns maus hábitos de linguagem e conduta?”
O espírito de Deus pode ajudar a ‘nos desnudar da velha personalidade com as suas práticas’ e nos revestir da “nova personalidade”. Isso nos ajudará a ser mais amorosos e bondosos. Estaremos sempre inclinados a perdoar uns aos outros, mesmo que haja uma razão legítima para queixa. Não mais reagiremos a possíveis injustiças com acessos de ‘amargura maldosa, ira, furor, brado e linguagem ultrajante’. Em vez disso, nos esforçaremos em ser “ternamente compassivos”. – Efé. 4:31,32

(Revista  A Sentinela 15 de março de 2011, pág. 10 –parágrafos 12,13)



quarta-feira, 27 de junho de 2012

O dia a dia com Deus... Imagine sem Deus!


Mostrar gratidão não é tão simples quanto parece. Gratidão é muito mais do que dizer 'obrigado'. Um exemplo disso é quando Jesus curou 10 (dez) leprosos; um deles veio e agradeceu, glorificando a Deus com voz alta e prostrado aos pés de Cristo... onde estavam os outros 9 (nove)? nenhum deles voltou para dar glória a Deus. A fé o fez ficar bom. (Lucas 17:11-19)

ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA DE BÍBLIAS E TRATADOS

terça-feira, 26 de junho de 2012

Que o homem não separe o que Deus uniu!

video

Esperamos em Jeová que haja, além do AMOR, compreensão, alegria e paz. A Palavra de Deus é uma fonte inesgotável de orientações e devemos fazer uso dessas aplicações para que mantenhamos tudo como Deus permite.
Nunca deixe coisas e pessoas lhes desanimarem; busque sempre a Deus, aos irmãos na Congregação, aos anciãos.
A Palavra de Deus nos ensina como devemos tratar ao outro e se levarmos isso em consideração, o casamento será como Deus originou.
Parabéns!

segunda-feira, 25 de junho de 2012

QUER MELHORAR SUA RELAÇÃO?


Quando nos interessamos por alguém, planejamos tanto e tudo. Até mesmo qualidades e defeitos do outro.
'Não se esqueça de que você está tratando com um descendente imperfeito de Adão, não com algum fantasioso herói ou heroína de romance. Todo mundo tem defeitos, e alguns destes terão de ser desconsiderados - tanto os seus como os de seu prospectivo cônjuge. (Romanos 3:23; Tiago 3:2) Ademais, aperceber-se de uma fraqueza pode apresentar uma oportunidade de crescimento. Por exemplo, suponha que durante o namoro vocês tenham uma discussão. Considere: mesmo pessoas que se amam e respeitam discordam, às vezes. (Note Gênesis 30:2; Atos 15:39.) Será que ambos precisam simplesmente 'dominar o seu espírito' um pouco mais e aprender a resolver os assuntos mais pacificamente? (Provérbios 25:28) Mostra seu prospectivo cônjuge desejo de melhorar? E você? poderia aprender a ser menos sensível, menos melindroso? (Eclesiastes 7:9) Aprender a resolver problemas pode estabelecer um padrão de comunicação sincera, essencial caso vocês venham a se casar. Colossenses 3:13.
                        [O segredo de uma família feliz, pág. 23, parágrafo 18] 


ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA DE BÍBLIAS E TRATADOS

O espírito do mundo influencia você?



O que a minha escolha de diversão revela a meu respeito? (Leia Tiago 3:14-18) Satanás tenta nos afastar de Deus por estimular amor à violência no nosso coração. Ele sabe que Jeová odeia os que amam a violência [e as coisas do mundo] (Sal. 11:5) Assim, Satanás tenta usar publicações, filmes, músicas e jogos eletrônicos (alguns dos quais incitam os usuários a simular crassa imoralidade e brutalidade) que possam estimular os nossos desejos carnais. Satanás não se importa se parte do nosso coração ama o que é correto, desde que parte dele ame o que é mau- as coisas que ele promove. - Sal. 97:10.
Por outro lado, quem está sob influência do espírito de Deus é motivado a ser puro, pacífico e misericordioso. É bom nos perguntar: 'A diversão que escolho estimula qualidades positivas em mim?' A sabedoria de cima é "sem hipocrisia". Quem é influenciado pelo espírito de Deus não prega a outros a boa moral e paz e, ao mesmo tempo, no seu lar se diverte com programas de violência sádica e imoralidade.
JEOVÁ espera devoção exclusiva. Satanás, no entanto, se contenta com apenas um ato de adoração, como tentou conseguir no caso de Jesus. (Lucas 4:7,8) Podemos nos perguntar: 'A minha escolha de diversão me permite dar devoção exclusiva a Deus? Essa escolha me dificulta ou me facilita resistir ao espírito do mundo? Devo fazer alguns ajustes quanto a escolhas futuras?'
(Revista A Sentinela 15 março 2011, pág. 9)  


ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA DE BÍBLIAS E TRATADOS

sábado, 23 de junho de 2012

O que Deus espera de nós?



Aprendemos que, por amor, o  Criador desce ao nível humano para encorajar-nos  (Lamentações 3:20). Assim, não devemos nos queixar, e sim, pesquisar o caminho e retornar a Jeová. Retornar a Deus e nos redimir (Lamentações 3:39-42).
Jeová é bom para quem O busca (Lamentações 3:24,25). Então, devemos nos preparar quando jovens para superar quando na velhice (Lamentações 3:27).
A Bíblia nos incentiva a ser obedientes, ser íntegros e saber esperar (Lamentações 3:22-24). Também ensina que não devemos reagir precipitadamente, que devemos esperar em Jeová, mas que Ele recusa-se a ouvir a oração do desobediente (Lamentações 3:26,44).



O consolo que Deus nos dá



 Os cristãos devem ‘fazer discípulos de pessoas de todas as nações’, mas isto não significa que devam usar de pressão ou converter outros pela força. A incumbência de Jesus era de “anunciar boas novas aos mansos”, “pensar os quebrantados de coração” e “consolar a todos os que pranteiam”. (Mateus 28:19; Isaías 61:1, 2; Lucas 4:18, 19) As Testemunhas de Jeová procuram fazer isso pela proclamação das boas novas da Bíblia. Como o antigo profeta Ezequiel, as Testemunhas de Jeová hoje procuram achar os que “suspiram e gemem por causa de todas as coisas detestáveis que se fazem”. — Ezequiel 9:4.
O método mais conhecido que usam para achar os afligidos pelas condições atuais é ir de casa em casa. Fazem assim um empenho positivo de contatar o público, como Jesus fazia ao ‘viajar de cidade em cidade e de aldeia em aldeia, pregando e declarando as boas novas do reino de Deus’. Seus primeiros discípulos faziam o mesmo. (Lucas 8:1; 9:1-6; 10:1-9)



ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA DE BÍBLIAS E TRATADOS


sexta-feira, 22 de junho de 2012

Que aspectos nos leva a ter união no relacionamento?


"Ao passo que adorar juntos a Deus é o aspecto mais importante da união, há mais coisas envolvidas. Para estarem afinados um com o outro, é preciso que seus alvos sejam similares aos de seu prospectivo cônjuge. Quais são seus alvos? [...] Que coisas tem prioridade em sua vida? (Mateus 6:33) Num casamento realmente bem-sucedido, os dois são bons amigos e gostam da companhia um do outro. (Provérbios 17:17) Para isso é preciso que tenham interesses em comum. É difícil sustentar uma amizade íntima - quanto mais um casamento - se não for assim. No entanto, [pode ser que ele(a) não goste de certa atividade que o outro faz como passeios a pé], significa isso que os dois [não darão certo]? Não necessariamente. Talvez vocês compartilhem de outros interesses mais importantes. Ademais, você poderá alegrar seu prospectivo cônjuge por participar de certas atividades sadias porque ele gosta delas. - Atos 20:35".
       - 'O segredo de uma família feliz' -Pág. 21, 22 - parágrafo 14.




ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA DE BÍBLIAS E TRATADOS

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Melhor que buscar a pessoa certa é ser a pessoa certa.


O empenho em melhorar nossa personalidade nos torna pessoas melhores.
A Bíblia nos exorta: "Não vos ponhais em jugo desigual com os incrédulos". (2 Coríntios 6:14; 7:39) O que significa isso nesse caso? Que o nosso envolvimento romântico deve ser com uma pessoa que compartilhe do amor a Deus, como nós. De uma pessoa que esteja disposta a mostrar-se valorosa aos olhos do Criador. De alguém de fé.
Se os dois se amarem e amam a Deus (que é base mais forte para a união), a probabilidade de dar certo é muito maior.
Jeová deseja que sejamos felizes e que desfrutemos o máximo possível desse vínculo amoroso e que Ele seja parte desse tríplice cordão do amor. (Eclesiastes 4:12)


quarta-feira, 20 de junho de 2012

Sobre viver para aprender a sobreviver



É preciso madureza mental e espiritual para manter e honrar compromissos.
É muito fácil dizer que tipo de pessoa você gostaria de ter. Mas que tipo de pessoa você é? O que tem de 'bom' em você que possa contribuir para um relacionamento real?
O livro 'O segredo de uma família feliz' publicado pela Associação Torre de Vigia de Bíblias e Tratados, na página 18, parágrafo 9 diz: " [...] Se for mulher, aprenda a dar mais atenção à "pessoa secreta do coração" do que à sua aparência física. (1 Pedro 3:3,4) A modéstia e o bom senso ajudarão você a ter sabedoria, uma verdadeira "coroa de beleza". (Provérbios 4:9; 31:10,30; 1 Timóteo 2:9,10) Se você é homem, aprenda a tratar as mulheres com bondade e respeito. (1 Timóteo 5:1,2) Enquanto aprende a tomar decisões e assumir responsabilidades, aprenda também a ser modesto e humilde. Uma atitude dominadora causará problemas no casamento. - Provérbios 29:23; Miquéias 6:8; Efésios 5:28,29. 
Por isso é necessário ter madureza, porque proporciona ser ativo, responsável, amigo e dedicado, além de ser bem visto aos olhos de Deus.

A lealdade beneficia?


O que a lealdade pode fazer para mostrarmos mudanças no nosso modo de vida?
O exemplo de Pedro, na Bíblia, é um exemplo a ser seguido. Em João 6:68,69 lemos que, depois de muitos dos discípulos terem abandonado Cristo por causa de suas declarações verdadeiras, Pedro retrucou dizendo ' para onde haveriam de ir, se JESUS era quem tinha declarações de vida eterna e eles criam e sabiam que Jesus era mesmo o Santo de Deus'.
O Salmo 18:25 informa que Jeová é esteio (segundo o dicionário, significa peça para suster alguma coisa, amparo, apoio), socorro e age com lealdade. Logo, se o próprio Jeová age com lealdade, como devemos agir? Não devemos seguir o exemplo de Deus?
E o Salmo informa que Jeová agirá com lealdade apenas para quem é leal.
Ser leal é também ser fiel. Como podemos ler no livro de 1 Timóteo 3:2, o conceito cristão é de que o marido tenha uma só esposa, enquanto o livro de 1 Coríntios 7:2 diz que tanto o homem quanto a mulher devem ter só um ao outro. Por que? Por causa da prevalência da fornicação: '...tenha cada homem a sua própria esposa e tenha cada mulher o seu próprio marido'. Isso envolve a lealdade.
Em especial, a Bíblia nos diz para termos um só cônjuge para que o nosso coração não se 'desvie' (Deuteronômio 17:17), como aconteceu com Salomão, que, por ter-se envolvido com mais de uma mulher, seu coração se tinha inclinado para longe de Jeová, o Deus [verdadeiro] (1 Reis 11:9).
Raciocine então: vale a pena ser leal? 



ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA DE BÍBLIAS E TRATADOS

terça-feira, 19 de junho de 2012

Joab e Ana- Matrimônio


video

Jeová, como Originador do casamento, nos concedeu o privilégio de participar com Ele deste evento.
Somos gratos por Deus sempre ter-nos amparado, alegrado, protegido e fortalecido.
"Melhor dois do que um", diz a Bíblia. Isso podemos notar no nosso dia a dia; é tão bom chegar em casa e saber que tem alguém nos esperando. Que tem alguém para dividir o pão, para ouvir juntos a mesma canção, para compartilhar as alegrias e problemas enfrentados naquele dia. É tão bom ser família!
Jeová é realmente maravilhoso por mais essa provisão!

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Os méritos de servir a Deus


O que se ganha por servir a Deus? Um dos fatores é o perdão, o ato de perdoar, como diz Colossenses 3:13. E para garantir que isso ocorra realmente a Bíblia diz que 'nenhuma arma que se forjar contra nós será bem sucedida', e que somos propriedade hereditária de Jeová (Isaías 54:17).
Diz também que os filhos são pessoas ensinadas pelo Deus verdadeiro (Isaías 54:13) e que não removerá a paz do seu povo (Isaías 54:17), que Ele está perto dos que O buscam (Isaías 55:6) e que Sua palavra não volta sem resultado (Isaías 55:11).
Tão grandes e seguros méritos só podem adquirir os que servem a Deus.


Existe contraste em servir a Deus?


Servir a Deus é um privilégio, mas é também um desafio. Notemos a beleza de servir a Deus: "Quão lindos são [...] os pés do publicador de salvação]." (Isaías 52:7)
Vejamos agora uma das qualidades mais interessantes de Jeová: a MISERICÓRDIA. Como podemos ler em Isaías 55:7, Deus pede amorosamente que o homem retorne do seu caminho mau e se arrependa e Ele o perdoará amplamente.
Desafios são os riscos de pregar e encontrar pessoas más, pessoas com desejos egoístas e as que agridem os publicadores do Reino de Deus. Mas existem meios para que isso não nos cause danos maiores. O que? Consideremos três passos para obtermos o perdão: 1- Arrependimento sincero
                                                                               2- Não tornar a cometer pecado deliberado
                                                                               3- Confessar pecado.


ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA DE BÍBLIAS E TRATADOS

domingo, 17 de junho de 2012

Por que a família hoje não é feliz como planejado?

video

A família ainda é a melhor instituição humana. A base disso é bíblica.
O que faz com que a família entre em crise?
Leia 2 Timóteo 3:1-4 e compreenda a resposta exata.

Quão sério você se esforça pelo nome de Deus?


Um ponto importante que poucos consideram é o privilégio de o próprio JEOVÁ ter- nos atraído (Isaías 43:10). Não temos esse poder de escolher um ser com tal supremacia para nós mesmos, mas Deus pode, quis e quer um povo para Ele, tanto que o descreve em pormenores nesse texto citado.
Devemos nos esforçar em buscar seriamente a Jeová. Por que? Leia em Atos 15:14-18.
O que nos leva a busca de Deus se Ele não está realmente longe de cada um de nós? Como devemos fazer isso? Existem considerações a serem tomadas em virtude disso: I- Devemos nos humilhar perante Deus e orar para que ocorram as bençãos mencionadas em 2 Crônicas 7:14
                                                                                                II- Devemos santificar o nome de Deus, segundo instruções lidas em Mateus 6:9 e seguindo informações de Jesus Cristo
                                                                                                III- Temos que promover e manter a união, pois, como dirigido a nós em Miquéias 4:5, mostra o que estaremos fazendo da vida que Deus nos deu.
Isso é para você um peso ou está disposto a se dedicar a um único e verdadeiro Deus?


ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA DE BÍBLIAS E TRATADOS

sábado, 16 de junho de 2012

Quem são os verdadeiros adoradores?


O primeiro passo para saber quem são os verdadeiros adoradores está na própria Bíblia, que é a Palavra de Deus e que diz que os verdadeiros adoradores 'mostrariam' amor entre si  (João 13: 34,35).
Outro ponto é que a própria Bíblia nos incentiva a 'andar' no nome do Deus verdadeiro (Miquéias 4:5).
Sabemos que o MUNDO odeia os verdadeiros seguidores e a razão para isso está em João 15:19, assim como em Tiago 4:4 que diz que aquele que quiser ser amigo do mundo, se torna inimigo de Deus.
Tem as religiões glorificado o NOME de Deus? João 5: 43,44 nos diz o que Jesus percebe a esse respeito.
O verdadeiro adorador faz uso diário e constante da Palavra de Deus, pois aprendemos em 2 Timóteo 3: 15,16 que a Bíblia é para ser usada.
De qualquer maneira, só há um que pode JULGAR as religiões, conforme João 5:22.
Aquele que PERSEVERAR até o fim é que será salvo!


ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA DE BÍBLIAS E TRATADOS

sexta-feira, 15 de junho de 2012

O que promove amor, união e alegria?


Com certeza o que promove amor, união e alegria é dar prioridade a assuntos espirituais, especialmente se esses assuntos são tratados em família.
O Salmo 127:3-5 nos mostra que a pontaria certeira é a ADORAÇÃO EM FAMÍLIA. Provérbios 13:20 nos alerta o porquê de alguém ir mal, mas nós não queremos agir assim. Queremos obter a aprovação! Então, devemos ter a língua dos instruídos para ajudar os 'lá fora' que acham que a vida é só 'viver' um pouco e morrer; temos que chegar e dizer que o caminho é o ESPIRITUAL (Isaías50:4)


ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA DE BÍBLIAS E TRATADOS

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Atos impensados nos levam ao DESFAVOR


Devemos sempre refletir, pensar antes de fazermos quaisquer coisas.
Devemos fazer com que outros nos vejam sempre nos comportando bem, como diz 1 Pedro 2:12.
Devemos ter 'palavras edificantes', sempre, para nos reportarmos aos outros (Efésios 4:29).
Não podemos, nem queremos ser causa para tropeço, como considerado em 2 Coríntios 6:3.
Sobretudo, nossa associação deve ser com pessoas amantes de Deus, pois sabemos o que acontece se fizermos o contrário, como descrito em 1 Coríntios 15:33.
Oremos sempre! Agradeçamos sempre!


ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA DE BÍBLIAS E TRATADOS

quarta-feira, 13 de junho de 2012

A justiça de Deus é superior?


O amor constrói, direciona, alegra e emociona.
 Uma prova do AMOR real e puro é a paciência do único Deus verdadeiro para com a humanidade; Ele tem tido paciência para a salvação de muitos (2 Pe. 3:8). Sabendo disso, devemos ficar ativos e despertos, pois o dia de Jeová virá como 'ladrão' (2 Pe. 3:10). Ademais, devemos ser encontrados sem mancha, nem mácula e em paz (2 Pe.3:14). Como esse profundo amor nos  faz voltar para Jeová e obter salvação? Mantendo o coração sincero (2 Pe. 3:15).
Se simplesmente prestarmos atenção às declarações de Deus, nossa vida será melhor (Salmos 119:95).
O que é aceitável para Deus, o é para a nossa própria salvação (Efésios 5:10).
Ao sofrer desafios e pressões no círculo familiar ou social, leia Provérbios 22:3.  


ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA DE BÍBLIAS E TRATADOS

terça-feira, 12 de junho de 2012

Para que e por que exercer fé?


Ter fé é crer que a Palavra de Deus é viva e exerce poder.
Acorde e ore, agradecendo por mais um dia, por respirar, por poder fazer coisas que muitos gostariam e não podem.
Deus existe e quer o seu bem. Crê nisso?
Leia a Bíblia diariamente. Ore e peça orientação a Deus, por meio do Seu espírito santo, para ser o seu guia.


ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA DE BÍBLIAS E TRATADOS

segunda-feira, 11 de junho de 2012

O que acontece com quem está além de todo senso moral?


Como podemos receber proteção e ter acesso ao lugar secreto de Jeová? O Salmo 91: 1,2,9,10 nos informa.
O local de segurança e estabilidade espiritual é o caminho pela verdade ensinada, pois isso nos faz sentir segurança.
Se fizermos de Jeová a nossa fortaleza e refúgio, nada nos abalará se continuarmos no lugar secreto de Jeová.
O que toca o nosso coração é que nos faz aumentar a fé. E como fazemos isso? Tocar o coração mostra o que somos no íntimo (O que você é, o que você pensa e como isso o motiva a agir). Em Hebreus 4:12 aprendemos que a melhor forma de tocar o coração é USAR  a Bíblia, que é a Palavra de Deus. Lendo a Bíblia e aplicando suas orientações faremos ajustes por ver que precisamos de mudanças. Jeová entende nossa fraquezas e ajuda os que O buscam (Salmos 26:2).
O incentivo é 'harmonizar os nossos sentimentos ao modo de Jeová' (Lucas 10:27).. 



ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA DE BÍBLIAS E TRATADOS

domingo, 10 de junho de 2012

Por que se deve ter zelo? Leia Mat. 25: 14-30


Será que Deus nos considera importantes?
Em 2 Pedro 3:9 entendemos o que Jeová espera de nós, pois mais do que dizer que tem fé é manter e exercer a fé (João 3: 16), sabendo-se que a fé vai além da enganosa aparência.
Em Lucas 21: 20,21 compreendemos o alerta que exige fé, que é manter o senso de urgência. Para isso temos que orar. E qual é a oração que Deus escuta? Leia a resposta em 1 João 5: 14
Depois de tudo o que lemos e aprendemos é fácil crer que Deus realmente se importa com cada um de nós.


ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA DE BÍBLIAS E TRATADOS

sábado, 9 de junho de 2012

O QUE É SER TESTEMUNHA?


A lealdade é assim como a fidelidade, como um pacto eterno.
Tanto é para servir a um propósito, como vital, pois o leal é digno de ser chamado servo de Deus e mostra que O busca e só os que aprendem a 'verdade' sobre Deus sabem que os que invocarem o nome de Jeová serão salvos (Rom. 10: 13)

ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA DE BÍBLIAS E TRATADOS

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Por que é importante nos reunirmos?


Qual a importância de nos reunirmos?
A resposta está em Provérbios 18:1.
O ser humano não foi feito para viver sozinho. Em vista disso, especialmente o cristão, deve manter coração e mente voltados para as reuniões congregacionais. Por que? Porque pode ser que justamente naquele dia que você faltou à reunião tenha sido abordada uma matéria de grande valor pessoal e você deixou de se empenhar pelo que é bom, não teve como acatar certas orientações que nos foram passadas pelo escravo fiel de Jeová.
As pessoas nos veem na rua e podem pensar: 'que tipo de reputação tem aquele homem?'; ´'é violento?'; 'é responsável?' E o texto de 2 Tim. 2: 20,21 mostra que pode-se perder a vida por associação com quem não pertence aos verdadeiros adoradores.
Por isso, também, é sábio 'CONSIDERAR TUDO COM ALEGRIA', pois o povo de Deus é feliz, já que servimos ao Deus feliz.
Pensemos assim: a pessoa é o que ela se alimenta. Se ela lê boas publicações, assiste bons filmes, está a considerar com alegria os mandamentos de Deus, saiba-se que publicações apóstatas e violentas ou pornográficas CORROMPEM nossa mente, semeiam dúvidas. Desviemo-nos disso!
Se é da abundância do coração que a boca fala (Lucas 6:45), devemos nos preencher moralmente e espiritualmente de boas coisas e provarmos que consideramos tudo com alegria, como nos diz o Salmo 122:1 de irmos com alegria às reuniões congregacionais. 


ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA DE BÍBLIAS E TRATADOS

quinta-feira, 7 de junho de 2012

O que devemos ter em mente?


Devemos permanecer leais e imitar os leais.
Permanecer e manter-se leal é seguir o que diz Mateus 19: 3-6, 9 e Malaquias 2: 16.
Como permanecer leal? Saiba lendo Eclesiastes 9: 9. À medida em que envelhecemos devemos estar 'plenamente presentes' na relação, tanto física quanto emocionalmente. Isso significa ser atencioso um com o outro, passar tempo um com o outro e se achegar um ao outro. Deve-se focalizar a preservação do relacionamento, incluindo o próprio Jeová.
Os que mantém a disciplina têm sido ajudado a recuperar-se espiritualmente. (Heb. 12: 11)
Vivemos num mundo traiçoeiro e desleal. Mesmo assim, imitemos os exemplos dos 'bons'. O proceder dessas pessoas fala por elas como se dissesse: "Vós sois testemunhas, Deus também o é, de quão leais e justos, e inculpáveis nos mostramos a vós, crentes." (1 Tes. 2:10)
Permaneçamos sempre firmes na lealdade a Deus e a outros.

- A SENTINELA 15 DE ABRIL DE 2012


ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA DE BÍBLIAS E TRATADOS