Google+ Followers

quinta-feira, 29 de março de 2018

Casar não é só planejar


O outono da estação, belo que é, fantástico elemento ativador da beleza da pele e da natureza visual, causou alegria e brandura no meu coração.
Casei.
Viver a vida em obediência é um processo para se render aos leais olhos do Deus vivente. Viver fazendo parte daqueles que honram ao supremo Criador.
Casei para mostrar gratidão, para provar o quanto respeito a Lei divina e o quanto quero me dedicar a seguir normas e princípios bíblicos.
Casei com atitude, esperança, força de vontade e fé. Para que a minha vida, agora nossa, possa estar amparada legalmente pelo nosso advogado, Jesus Cristo e pelo Legislador soberano, Jeová Deus.
Somos um. Passei uma vida estudando o quanto vale sentir esse termo, mais do que apenas relatar ou falar. Isso não é apenas uma ideia, e sim uma concreta e sábia forma de revestimento e investimento numa boa causa que é o amor. O amor de verdade, sem fantasia, sem ironia, preenchido de emoção, mas sem ilusão, com a realidade da unidade de sermos uma só carne, onde dialogar, refletir, parar pra respirar, persistir e perdoar sejam propriedades do nosso propósito para com o bom Deus.
A minha atividade paira sobre meu planejamento, com objetivo e direção sob a orientação da Palavra de Deus, que salva vidas, regula famílias, disciplina mentes e nos torna permanentes.
Louvado seja o santo Jeová! Santificado o seu nome e seja feita a sua vontade aqui na Terra como no céu, em nome do nosso redentor Jesus Cristo!
Amém!
(Vocês tornaram a minha vida realizada. Uns acreditaram, outros oraram e todos reforçaram o nosso empreendimento espiritual e pessoal por acolherem, ajudarem, participarem e, principalmente, por nos permitir participar. Isso nos amadureceu. Amamos vocês. Amamos tanto uns, que nem vamos citar para não enciumar outros. –Risos).
“Alegrem-se na esperança. Perseverem sob tribulação. Perseverem em oração”. (Romanos 12:12) Fiz e estou seguindo essas recomendações daquele que sabe instruir para que a nossa vida seja sem fim.
Obrigado. Muito obrigado.
                                                                                             -Joca e Natália Vitorino

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Era tão estranho!


Pensamento: Ai dos que dizem que o bom é mau e que o mau é bom, os que põem a escuridão no lugar da luz e a luz no lugar da escuridão, os que trocam o amargo pelo doce e o doce pelo amargo! -Isaías 5:20

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Onde está o amor?


Estávamos falando sobre nós e prestamos bastante atenção quando ele falou sobre a percepção (de maneira não técnica). Ele disse: “Se você entrar, por exemplo, aqui na minha casa, vai perceber as coisas desorganizadas sobre o rack do computador da sala. Ou, se olhar para essas duas garrafas aqui na estante, vai se concentrar na que contém menos quantidade de água, porque isso incomoda. Na verdade, temos o hábito de ver o irregular, o assimétrico ou o diferente como estranho, extravagante, incomum.” Ele disse tudo isso para explicar porque as pessoas comuns não se sobressaem, e completou: “Vejam bem como as pessoas gostam de copiar as atitudes severas de outros, como acompanham a moda (que passa) e palavras ou frases prontas da internet. Não  querem se dar mais ao trabalho de raciocinar, de pesquisar, de pensar. Acham tudo pronto nos sites, nas redes ditas sociais (mas que afastam as pessoas) e nas graças sem graça dos que se acham ‘espertos’”.
Li um trecho interessante num site e gostaria de compartilhar com vocês: A consciência coletiva constitui o "conjunto das crenças e dos sentimentos comuns à média dos membros de uma mesma sociedade, formando um sistema determinado com vida própria". A consciência coletiva é capaz de coagir ou constranger os indivíduos a se comportarem de acordo com as regras de conduta prevalecentes...
(https://educacao.uol.com.br/disciplinas/sociologia/durkheim-2-a-consciencia-coletiva-e-fatos-sociais.htm)

Estávamos falando sobre nós, conosco, para nós mesmos buscarmos um entendimento.
Um dia escrevi: TER LÁBIA NÃO É TER RAZÃO. E até hoje medito nisso, nas pessoas que se tornam nossos algozes e que discursam bem, que encontram uma remessa grave e não cordial de imagens com ideias de autores que não tem a ver com nossa cultura e também por isso não condizem com a nossa realidade; eram apenas palavras bonitas (para eles) ou palavras ofensivas (contra nós).
As pessoas não raciocinam mais, e quando o fazem é pelas especulativas palavras que os atingiram num acesso de desejo quando acessaram meios que não atingem um fim. Apenas seguem um velho ditado: O sábio fala porque tem algo a falar, mas os tolos falam porque têm que falar alguma coisa. –Joca Vitorino

Pensamento: Proteja, acima de tudo, o seu coração. — Pro. 4:23.


domingo, 26 de novembro de 2017

Mansão espiritual


Moro numa mansão espiritual. Não tenho necessidade de certos bens materiais como muitos que desesperadamente se entregam a certas situações.
Sou um ser que busca a paz e agora compreendi porque tanta labuta e aparente demora em conseguir certas coisas.

Estava sendo lapidado (e ainda estou), mas agora dói menos. Agora sei que o caminho me leva a um bom lugar. Agora sei que a demora é a certeza de chegar, de alcançar. Agora sei porque precisava me policiar e dedicar, a fim de obter aprovação.


Onde moro é pouco importante no que se refere ao lugar físico, pois a mansão espiritual que habito é o lugar da esperança de que as pessoas podem mudar, podem, se quiserem, apenas pela obediência à palavra de Deus. Muitos não conseguem compreender isso pela falta de humildade, outros por não ter disposição e ainda outros por não se sentirem motivados.
O homem duro de coração só consegue sentir orgulho, egoísmo e desejos exclusivamente pessoais, sendo que é muito mais fácil ser humilde e praticar a humildade, onde o ser resgata o princípio da dependência de Deus, da moralidade, dos bons costumes, do respeito, da fé, da esperança, da bondade e da gentileza. Qual traz (mais) benefícios?


Residir numa mansão espiritual nos mantém fortes (porque o nome de Jeová é uma torre forte e Ele é o nosso escudo protetor, nossa fortaleza), apreciados (porque muitos ficam observando o que fazemos, nos avaliando o tempo todo), bem alimentados (porque os frutos do espírito santo de Deus, o Ajudador, nos satisfaz e nos ajuda a satisfazer necessidades interpessoais) e obedientes (porque sabemos que a Bíblia, nosso manual, nos instrui e demonstra pessoas como Jesus Cristo, Abel, Noé, Abraão, Moisés, Rute, Davi, Jó e apóstolos, assim como Sua Organização terrestre, essa Associação Mundial de servos leais). O que significa que nos esforçamos em fazer o que Deus requer de nós.

Conviver dia a dia numa mansão espiritual nos habilita a ter uma relação achegada com o Criador, o que fazemos por meio de oração, estudo pessoal da Bíblia, participar das reuniões congregacionais, praticar o amor ao próximo, adorar em família e não fazer parte do mundo.
Viver a espiritualidade é não praticar deliberadamente atos praticados pelos que 'fazem parte do mundo'.-Joca Vitorino


“Deus é Espírito”, diz a Bíblia. (João 4:24) Portanto, ele reside num domínio espiritual independente do Universo físico. Quando a Bíblia menciona os “céus” como lugar de morada de Deus, refere-se ao lugar elevado onde ele reside, em contraste com o ambiente material em que nós residimos. De qualquer forma, a Bíblia ensina que, na realidade, a morada de Deus é claramente diferente do Universo físico, mas, ao mesmo tempo, um lugar bem definido. — Jó 2:1-⁠2. (https://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/102005167#h=7).


(Provérbios 18:10; Salmo 91:9, 10; Provérbios 27:11; Deuteronômio 5:32; Gálatas 5:22, 23; João 4:24; Hebreus 9:24; João 17:15, 16).

Pensamento: “Ainda tenho muitas coisas para lhes dizer, mas agora vocês não são capazes de suportá-las.  No entanto, quando ele vier, o espírito da verdade, ele os guiará a toda a verdade, pois não falará de sua própria iniciativa, mas falará o que ouvir e declarará a vocês as coisas que virão." -João 16:12, 13

domingo, 2 de julho de 2017

SAUDADE -o que faz ela assim?



Por que tanta agressividade contra ela?

O que ela fez que cause tanto desgosto e violência?

Por que matar a saudade?

Saudade é uma necessidade do coração e sem ela as coisas seriam sem valor, sem intensidade; ah, saudade!
O coração tolera por falta de opção, mas saudade é uma dor com amor.
O que fazer, então? Saudade é uma animação com 'próximos capítulos'. Temos que esperar as próximas cenas para reVIVER.
Aguardemos com alegria, esperança e perseverança, pois a saudade, quando deixa de ser é uma luz sobre nós e merece um abraço cultivado com temperança. _Joca Vitorino

Pensamento: ...À Sua voz, responderão.

                     Jeová terá saudades

                     Do trabalho das Suas mãos.

                     Tenha fé, jamais duvide:

                     Quem amamos voltará! (Ele chamará -cântico 111)


domingo, 25 de junho de 2017

Exposição de Artes Vitorino's


Localização: Praça Thomé de Souza, no subsolo do Palácio Thomé de Souza, sede da Prefeitura Municipal de Salvador, em frente ao mar e ao lado do Elevador Lacerda.

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Como amar e ser amado


Sentir é um ato natural, mas sentir vibrar em você até uma simples expressão de afeto, é demais!
Existem pessoas que amam e as que são amadas; as que amam estão numa 'situação' superior no que diz respeito a isso, pois quem ama sente êxtase na vida, está envolvido na plenitude de outro(s) ser(es) e tem e sente um deslumbramento contínuo pela vida e pelas pessoas.
Apenas se dê, diz o homem velho. Sim, apenas dê o seu melhor, ajude, participe, compartilhe, ame, mas faça tudo isso e cada uma dessas coisas porque o seu coração assim deseja.
Quer o segredo de ser amado? Ame, pois você só pode receber bem aquilo que dá. As outras coisas são efêmeras. O amor é permanente e permanece numa constante viagem do seu interior para o interior de alguém.
Amar é mais fácil e não exige algo em troca, unicamente acontece no sempre do seu persistir.
Ninguém explica o amor melhor do que o soberano Deus Jeová. Amor é perfeição, caminho e perdão. "Nós amamos porque ele nos amou primeiro." (1 João 4:19)
“Há mais felicidade em dar do que há em receber.” (Atos 20:35Joca Vitorino

Pensamento: "Não devam nada a ninguém, a não ser amar uns aos outros, pois quem ama o seu próximo cumpre a Lei." (Romanos 13:8)